Editorial Serviço

Prosegur adquire a Cipher

Eduardo Bouças, fundador e CEO da Cipher, será CEO Global da Prosegur Cybersecurity.

A Prosegur, companhia do setor de segurança privada com mais de 175 mil funcionários em 25 países e cinco continentes, assinou um acordo para adquirir participação majoritária na Cipher, empresa de cibersegurança com presença na América Latina, América do Norte e Europa.

Com este acordo, que está sujeito à aprovação das autoridades administrativas correspondentes, a Prosegur busca fortalecer sua atuação em segurança cibernética e aprofundar a transformação de seus negócios de segurança e tecnologia.

No Brasil, a área de negócio responsável pelos serviços de segurança corporativa é liderada pela SegurPro, empresa da Prosegur.

A SegurPro irá atuar em conjunto com a Cipher para o desenvolvimento do mercado brasileiro. Ambas unirão suas capacidades para promover o desenvolvimento de soluções integradas avançadas em um dos principais mercados da Prosegur.

O plano também é utiliza a força da Prosegur em todo o mundo como uma alavanca de crescimento para a Cipher.

As duas empresas trabalharão juntas para promover o desenvolvimento de soluções de segurança avançadas que abrangem o mundo físico ou digital para criar uma plataforma única de gerenciamento de riscos.

Fundada em 2000, a Cipher oferece diferentes serviços gerenciados de segurança (MSS) e serviços de consultoria de segurança.

Além disso, a empresa desenvolveu uma série de serviços de inteligência em cibersegurança que serão integrados aos atuais recursos da Prosegur para criar uma prática de inteligência global com um portfólio mais extenso e robusto.

A Cipher e a Prosegur apresentam seus portfólios de serviços de cibersegurança de forma similar. Da mesma forma, a complementaridade geográfica de ambos os negócios é significativa, uma vez que a Cipher opera em mercados nos quais, até o momento, a Prosegur não possuía presença relevante no cenário de cibersegurança, especialmente no Brasil, Estados Unidos e Reino Unido.

Com a conclusão da transação, Alejandro Alonso, ex-Managing Director da Prosegur Cybersecurity, será o novo Executive Chairman. Eduardo Bouças, fundador e CEO da Cipher, permanecerá na empresa como acionista e CEO Global da Prosegur Cybersecurity.

A Prosegur iniciou suas operações de cibersegurança em 2014. Agora, busca consolidar um negócio global no segmento com presença atual em 11 países na América do Norte, América Latina e Europa.

Com uma presença global, a Prosegur registrou vendas de € 4.291 bilhões em 2017 e está listada nas bolsas de valores de Madri e Barcelona.

Fundada em 2000, com escritórios no Brasil, Estados Unidos e Reino Unido, a Cipher é uma das principais empresas brasileiras de segurança da informação, com forte atuação em serviços gerenciados.

Em 2016, a empresa adquiriu a Brconnection, uma companhia conterrânea com produtos focados em segurança de redes, em uma transação embalada com recursos do DLM (hoje Oria Capital), um fundo de investimentos que tem entre seus sócios Jorge Steffens e Paulo Caputo, ex-Datasul.

A Cipher já havia recebido US$ 15 milhões do BNDES em troca de uma participação de 15% na companhia em 2011.

Fonte: Baguete

Sobre o autor

Wagner Marcelo

Atuo profissionalmente como arquiteto de inovação, gerando e fomentando ecossistemas empreendedores e tecnológicos, hoje somados são mais de 400 mil pessoas ligadas a nossa rede.
Tenho como missão o desenvolvimento de negócios disruptivos.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.