Editorial TIC's

Empresa brasileira lança franquia online e abre 18 unidades no país

Kauê Linden - Fundador da Hostnet

Comparando os dados do número de domínios do Registro.br com o número de empresas abertas no Brasil, 75% de companhias não têm site na Internet. Isso mostra, no mínimo, o potencial de serviços para Web que a franquia oferece, tais como: registro de domínio, criação de sites, comércio eletrônico, serviços de e-mail, automação de marketing e demais criações web.

Franchising de baixo custo de serviços de Internet inaugura uma unidade ao mês

Ter um negócio próprio é um grande desejo de muitos brasileiro. Trabalhar sem precisar de grandes ou algum deslocamento também. As duas coisas juntas já é realidade para, pelo menos, os empreendedores de 18 unidades de franquia da Hostnet – empresa consolidada com 17 anos de mercado na área de hospedagem de sites e registro de domínios na Internet.

O sistema foi desenvolvido nos moldes de franchising e permite que a franqueadora tenha unidades regionais por todo o país, com um modelo de negócio econômico, testado e rentável. O empreendedor tem acesso a todo o knowhow da empresa no mercado web, infraestrutura, sistema, marketing digital e outras possibilidades permitidas pela Internet.

Além de poder trabalhar de forma home-based (de casa), essa oportunidade tem sido buscada por empresas já existentes de forma offline, como gráficas, para ampliar a sua atuação oferecendo serviços online. Empresas compatíveis como agência de comunicação, desenvolvedores e designers que já estão na Internet podem também aumentar o seu leque de serviços. Na prática, a franquia pode comercializar: registro de domínio, criação de sites, comércio eletrônico, serviços de e-mail, automação de marketing e demais criações web. O objetivo é oferecer um modelo de negócio lucrativo, de baixo custo e que atenda às necessidades do mercado regional do franqueado.

Baixo investimento inicial e retorno rápido

A taxa de franquia no valor de R$ 17.500,00 é paga uma única vez. O investimento inicial total é de R$ 25.000,00 e já estão incluídos: capital de giro e o mínimo de equipamentos necessários, sem custos com software de gestão. Ao longo de dois anos, vendendo e desenvolvendo dois clientes de Site Pronto por mês, o franqueado terá uma carteira de 46 clientes e renda mensal estimada de R$ 5.300,00, com um lucro acumulado de R$ 78.000,00 em 24 meses. Já nos pacotes combinados que incluem: a criação de sites, hospedagem e manutenção, a lucratividade fica entre 50% e 70% dependendo do preço que o franqueado operar, já descontando todas as taxas e impostos.

O mercado

Um fato: 75% das empresas não têm site. Segundo o site Empresômetro, há mais de 16 milhões de micro e pequenas empresas no Brasil. Por outro lado, de acordo com informações do Registro.br – órgão responsável pelo registro de sites .com.br – há cerca de 4 milhões de domínios registrados. Isso quer dizer que mesmo em um cenário onde cada domínio represente uma empresa com site, ainda há aproximadamente 12 milhões sem uma página virtual e sem domínio. Ou seja, pelo menos, 7,5 em cada 10 empresas não têm site.

Se uma empresa não está na Internet, isso é um sinal de demanda reprimida. Se a empresa já tem um site, ela já sabe da importância e muito provavelmente vai querer se atualizar no mundo virtual com o que é de mais moderno e que dê maior retorno nas vendas, usando ferramentas online para o melhor aproveitamento.

Números animadores

Abranet: o faturamento das empresas de Internet em 2016 foi de R$ 139,61 bilhões no Brasil.
Google: vendas na Internet no Brasil devem dobrar até 2021, com crescimento médio de 12,4% ao ano e atingirá um total de R$ 85 bilhões.
IBGE: Brasil tem 116 milhões de pessoas conectadas, o que corresponde a 64,7% da população, sendo o celular o principal dispositivo para acesso à rede.

Unidades regionais

Essa oportunidade começou em meados de 2017 e em seis meses já havia unidades em todas as regiões do Brasil. Atualmente são 18 franqueados: Flamengo e Centro – Rio de Janeiro (RJ), Icaraí e Centro de Niterói (RJ), Campo Grande e Nova Iguaçu (RJ), Campinas (SP), Jaboticabal (SP), Guarapari e Linhares (ES), Brasília (DF), Curitiba (PR), Macapá (AP), Salvador (BA), Barbacena e Passos (MG), Recife (PE) e Jardim Botânico – Porto Alegre (RS).

Bom para o cliente e bom para a empresa. Ter franqueados em vários pontos confere um atendimento mais rápido e personalizado. Levando em consideração, também, hábitos, mercado e demandas de cada localidade.

Sobre o autor

Wagner Marcelo

Atuo profissionalmente como arquiteto de inovação, gerando e fomentando ecossistemas empreendedores e tecnológicos, hoje somados são mais de 400 mil pessoas ligadas a nossa rede.
Tenho como missão o desenvolvimento de negócios disruptivos.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.