TIC's

Parceria entre Catalunha e o Estado do Ceará

Em novembro deste ano, a Catalunha, por meio da ministra de Empresa e Conhecimento, Àngels Chacón, e o Estado do Ceará, por meio do governador Camilo Sobreira de Santana, assinaram um acordo de colaboração bilateral. O acordo foi fechado em Barcelona, durante a semana do Smart City Expo World Congress, o principal evento internacional ligado ao setor das smart cities. Os objetivos dessa parceria são promover as relações comerciais e os investimentos entre os dois territórios, e o intercâmbio de conhecimento, de boas práticas e de inovação tecnológica nos principais setores econômicos.

Relações comerciais entre Catalunha e Brasil

O [email protected] foi uma das inspirações para o governador do Ceará.

Em 2017, as exportações catalães para o Brasil aumentaram 14,4% em relação ao ano anterior, e totalizaram 617 milhões de euros. Atualmente, mais de duas mil empresas da Catalunha exportam para o mercado brasileiro.

O Brasil é considerado é considerado um mercado com potencial de negócios no âmbito da gestão inteligente das cidades para as empresas catalãs. As grandes cidades brasileiras são consideradas fontes de oportunidades para as soluções smart, que têm o objetivo de melhorar o acesso aos serviços públicos, e otimizar recursos para a utilização mais eficiente da infraestrutura urbana. Nesse caso, âmbitos como o da gestão da iluminação pública, tratamento de resíduos e mobilidade urbana oferecem grandes oportunidades de negócio.

Para o governador do Ceará, Camilo Sobreira, “o Estado está promovendo um novo modelo de desenvolvimento baseado na economia do conhecimento, por meio da implantação dos chamados Distritos de Inovação. De fato, o [email protected] Barcelona foi um dos nossos modelos de referência.”

O [email protected] Barcelona, o Centro de Inovação

O [email protected] é um projeto da prefeitura da cidade que ocupa 200 hectares do solo industrial do bairro de Poblenou, no distrito de Sant Martí. Foi criado em 2000 com os seguintes objetivos:

  • renovação urbana de Poblenou: recuperar o dinamismo econômico e social do bairro, e criar entornos com espaços produtivos e áreas verdes;
  • renovação econômica: transformar Poblenou em um importante centro científico, tecnológico e cultural, fazendo de Barcelona uma das cidades mais dinâmicas e inovadoras do mundo;
  • renovação social: favorecer a relação entre os diferentes profissionais que trabalham na região, bem como a participação dos moradores nas oportunidades oferecidas pelas novas tecnologias.

Fonte: Aqui Catalunha.

Sobre o autor

Lenah Sakai

Empreendedora de eventos de tecnologia e negócios inovadores, formada em administração de empresas, ajuda a fortalecer o ecossistema empreendedor desde 2013 co-organizando mais de 100 Encontros de Jovens Empreendedores e fomentando o Made in Sampa de forma voluntária. É fundadora do Green Business Post, canal de conteúdo sobre desenvolvimento sustentável.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.