Editorial TIC's

Rival da Uber, Lyft começa a buscar interessados em IPO

Carro autônomo da Lyft: companhia pretende levantar 2 bilhões de dólares em sua abertura de capital
Empresa de carros compartilhados pretende mostrar que seus maiores atrativos não estão no curto, mas no longo prazo, com os carros autônomos

A segunda maior empresa de carros compartilhados dos Estados Unidos, a Lyft, começa nesta segunda-feira, 18, sua rodada de negociações com investidores, mirando uma abertura de capital no fim do mês. A empresa pretende vender suas ações na bolsa Nasdaq, a segunda maior do mundo, atrás da Bolsa de Nova York, segundo a agência Bloomberg. A Lyft, que não atua no Brasil, pretende levantar 2 bilhões de dólares e atingir uma avaliação entre 20 e 25 bilhões de dólares.

A empresa anunciou em dezembro que tinha protocolado seu pedido de abertura de capital (IPO, na sigla em inglês). Mas o processo foi adiado por ter coincidido com a paralisação de 35 dias do governo americano, que atrasou o trabalho dos órgãos reguladores. Agora, a empresa quer acelerar e aproveitar uma janela de mercado antes de uma desaceleração do mercado americano dada como certa por economistas.

Fonte: Exame

Tags

Sobre o autor

Wagner Marcelo

Atuo profissionalmente como arquiteto de inovação, gerando e fomentando ecossistemas empreendedores e tecnológicos, hoje somados são mais de 400 mil pessoas ligadas a nossa rede.
Tenho como missão o desenvolvimento de negócios disruptivos.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.