Comércio

Dono da rede de farmácias Pague Menos é preso no Ceará

fundador e presidente da pague menos
O fundador e presidente da Pague Menos, Deusmar Queirós. (Pague Menos/Divulgação)

O empresário cearense Deusmar Queirós é condenado desde 2010 por crimes contra o sistema financeiro

São Paulo – Um dos maiores empresários farmacêuticos do Brasil, o cearense Deusmar Queirós está preso. Fundador da rede de farmácias Pague Menos, o empresário é condenado desde 2010 por crimes contra o sistema financeiro, cuja a pena pode chegar a 9 anos e dois meses de prisão, com base na Lei 7492/86.

Queirós se entregou na noite de anteontem (8) à Polícia Federal em Fortaleza após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negar um pedido de Habeas Corpus (HC) solicitado pelos advogados de defesa do empresário. Ele tinha 48 horas para se apresentar à Justiça.

Deusmar Queirós e ex-sócios teriam lucrado R$ 2,8 milhões com compra ilegal de ações para especulação, lembra o jornal cearense O Povo, que divulgou a prisão do empresário.

Ele se encontra na sede da Polícia Federal, no bairro de Fátima, onde começará a cumprir a pena. Segundo o jornal, um recurso da defesa de Deusmar já tinha sido feito no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), em Recife, além do STJ. Porém, houve trânsito da condenação dos recursos nas duas cortes, com idas e voltas, se encerrando agora com a execução da detenção.

O caso ainda pode ter novos desdobramentos jurídicos nos próximos dias. O site EXAME entrou em contato com a assessoria do empresário, que enviou comunicados oficiais da defesa de Deusmar e da Pague Menos. Confira na íntegra abaixo:

Rocha, Marinho e Sales Advogados e Marcelo Leal Advogados Associados

“Na data de ontem (8) o empresário Francisco Deusmar de Queirós, em atendimento a determinação judicial, apresentou-se à Polícia Federal. O objeto do processo que gerou a apresentação se refere à sua atuação à frente da Renda Corretora de Valores entre 2000 e 2006. A ação ainda está em curso e a condenação não é definitiva. A defesa continua acreditando na Justiça e na sua absolvição.”

Pague Menos

“A Rede de Farmácias Pague Menos esclarece que o processo judicial ao qual o fundador da companhia, Deusmar Queirós, responde não possui qualquer relação com a rede. Todas as informações sobre o processo foram prestadas de maneira transparente pela Pague Menos em seus formulários de referência. A companhia reitera ainda que a decisão judicial em nada afeta as operações da empresa e informa a nomeação de Mário Henrique Alves de Queirós, atual diretor presidente, para o cargo de presidente do Conselho de Administração no lugar de Deusmar Queirós”.

Fonte: Exame.

Sobre o autor

Lenah Sakai

Empreendedora de eventos de tecnologia e negócios inovadores, formada em administração de empresas, ajuda a fortalecer o ecossistema empreendedor desde 2013 co-organizando mais de 90 Encontros de Jovens Empreendedores e fomentando o Made in Sampa de forma voluntária. É fundadora do Green Business Post, canal de conteúdo sobre desenvolvimento sustentável.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.