Editorial TIC's

Hyundai adquire empresa americana de robôs móveis por US$1,1 bilhão

A Hyundai Motor Group comprará uma participação de 80% na Boston Dynamics do SoftBank Group, com a montadora sul-coreana buscando expandir a automação de suas fábricas e desenvolver carros autônomos, drones e robôs.

No dia 11, a Hyundai Motor Group e o SoftBank Group concordaram sobre os principais termos da transação segundo a qual a empresa automotiva vai adquirir o controle da Boston Dynamics em um negócio que valoriza a empresa de robôs móveis em US$ 1,1 bilhão, sugerindo que a montadora e seu presidente ofereceram US$ 880 milhões pela participação de 80%.
Os termos financeiros não foram divulgados.

Segundo o acordo, a Hyundai Motor Group deterá uma participação de aproximadamente 80% na Boston Dynamics e a SoftBank, por meio de uma de suas afiliadas, manterá uma participação de aproximadamente 20% na Boston Dynamics após o fechamento da transação. As afiliadas do Hyundai Motor Group – Hyundai Motor Co., Hyundai Mobis Co. e Hyundai Glovis Co. e o presidente do Hyundai Motor Group, Euisun Chung, respectivamente, participaram da aquisição.

O novo presidente da Hyundai Motor Group, Euisun Chung, prometeu reduzir a dependência da fabricação tradicional de carros, dizendo que a robótica seria responsável por 20% dos negócios futuros da empresa, com a fabricação de carros ocupando 50%, seguida pela mobilidade aérea urbana com 30%. Além disso, a aquisição pode fazer o projeto do carro conceito chamado Elevate, um veículo que pode “andar”, sair do papel.

Chung terá uma participação de 20% na Boston Dynamics, enquanto a Hyundai Motor e suas afiliadas, Hyundai Mobis e Hyundai Glovis terão uma participação combinada de 60%.

A transação, sujeita a aprovação dos órgãos regulatórios de mercado dos Estados Unidos e outras condições de fechamento, deve ser concluída em junho de 2021.

Esta é a terceira vez que a empresa norte-americana de robótica, Boston Dynamics é vendida.

A Boston Dynamics nasceu de uma unidade de pesquisa no Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, nos EUA, em meados dos anos 90. A empresa se tornou popular por causa de robôs como o Atlas e o Spot, uma espécie de cão-robô.

A Boston Dynamics ficou quase 25 anos operando como uma empresa de pesquisa e foi vendida para o Google em 2013, tornando-se parte de uma nova ala de robótica liderada pelo então executivo, Andy Rubin.

Depois que o Google X Robotics foi amplamente dissolvido, a companhia mudou de mãos em 2017, tornando-se uma subsidiária do SoftBank, que possuía o controle acionário desde então.

Mais recentemente, a empresa teve um interesse muito maior na comercialização de suas tecnologias.

Com o SoftBank, lançou o Spot, um robô quadrúpede que lembra um cachorro. O Spot foi colocado à venda no ano passado em quantidades limitadas. Agora está disponível para qualquer pessoa nos Estados Unidos, por US$ 74,5 mil.

A companhia também está promovendo a comercialização de seu robô Handle, com rodas para fins de armazenamento e atendimento de pedidos, que deve ser lançado no próximo ano.

Com a venda, a Boston Dynamics deve ter acesso à capacidade de fabricação interna do Hyundai Motor Group e aos benefícios de custo da produção em escala, além de se beneficiar do novo capital, tecnologia, clientes e alcance de mercado global.

“Nós e a Hyundai compartilhamos uma visão do poder transformacional da mobilidade e esperamos trabalhar juntos para acelerar nossos planos para habilitar o mundo com automação de ponta e continuar a resolver os desafios de robótica mais difíceis do mundo para nossos clientes”, afirmou Rob Playter, CEO da Boston Dynamics em comunicado.

A Hyundai tem feito grandes investimentos na categoria, como é o caso de uma recente joint venture com a Aptiv para comercializar sistemas de direção autônoma. Há também os veículos de mobilidade de última geração (UMVs, na sigla em inglês) anunciados recentemente.

Ao estabelecer uma presença no campo da robótica, a aquisição marcará outro passo importante para o Hyundai Motor Group em direção à sua transformação estratégica em um provedor de soluções de mobilidade inteligente. Para impulsionar essa transformação, o Hyundai Motor Group investiu substancialmente no desenvolvimento de tecnologias futuras, incluindo áreas como tecnologia de direção autônoma, conectividade, veículos ecologicamente corretos, fábricas inteligentes, materiais avançados, inteligência artificial (IA) e robôs.

A robótica avançada oferece oportunidades de rápido crescimento com potencial para impactar positivamente a sociedade de várias maneiras. A Boston Dynamics desenvolve robôs móveis ágeis que foram integrados com sucesso em várias operações de negócios. O negócio também deve permitir ao Hyundai Motor Group e ao Boston Dynamics alavancar os respectivos pontos fortes um do outro em manufatura, logística, construção e automação.

“Estamos muito satisfeitos em ter Boston Dynamics, líder mundial em robôs móveis, se juntando à equipe Hyundai. Esta transação uniram as capacidades do Hyundai Motor Group e Boston Dynamics para liderar a inovação em mobilidade futura. As sinergias criadas por nosso sindicato oferecem novos caminhos estimulantes para nossas empresas alcançarem nosso objetivo – fornecer movimento livre e seguro e experiências de planos superiores de vida para a humanidade”, disse Euisun Chung, “Também contribuiremos com a sociedade, aprimorando sua segurança e saúde pública em meio a tendências globais de envelhecimento da sociedade e transformação digital”, completou.

Masayoshi Son, CEO do SoftBank Group também disse: “A Boston Dynamics está no coração da robótica inteligente. Estamos entusiasmados com a parceria com a Hyundai, uma das empresas líderes mundiais em mobilidade global, para acelerar o caminho da empresa para a comercialização. A Boston Dynamics tem um futuro muito brilhante e continuaremos investindo no sucesso da empresa”.

Na realidade, isso será uma grande vantagem para a empresa no projeto de robôs industriais ou robôs destinados ao uso em logística. Esta aquisição é a primeira a ser comandada pelo novo presidente da Hyundai, Euisun Chung, desde que ele assumiu o cargo em outubro e rumores sobre a compra tem circulado desde o início de novembro.

Fontes: Startupi, Isto é Dinheiro, CNN Brasil, Forbes, Baguete, Terra, Extra, G1, Canal Tech, Olhar Digital

Sobre o autor

Hilda Campanholi

Graduada em Publicidade e Propaganda, gosta de criar conteúdos relevantes que gerem valor na vida das pessoas.
Estuda e pesquisa assiduamente marketing digital, empreendedorismo e negócios em geral.
Busca compreender os diversos nichos de mercado para poder falar e escrever com propriedade.

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.